07 Maio
Lei autoriza que policiais e militares atuem como advogados

Lei autoriza que policiais e militares atuem como advogados

Antes da publicação da lei, Estatuto da OAB impedia que militares e policiais tivessem a carteira da entidade

Militares e policiais garantiram o direito de poder exercer a atividade de advogados, através da lei 14.365, publicada na última quinta-feira (2), que alterou o Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil. Antes proibidos, agora os agentes de segurança pública e militares poderão ter a carteira de advogado e atuar em causa própria.

STF decide pela validade de acordo coletivo que suprime direito trabalhista

De acordo com a previsão da nova lei, os policiais e militares poderão realizar a própria defesa como advogados em processos no âmbito criminal, administrativo ou cível. Bem como, poderão dar entrada em ações cíveis próprias que busquem reparação de danos morais ou materiais. Paratanto, o polícial ou militar precisará ter sido aprovado no exame da OAB.

A inscrição na OAB de policiais e militares se dará de forma especial, na carteira de advogado constará a informação que a atuação é permitida somente em causa própria. O policial ou militar não poderá participar de sociedade de advogados, nem fazer a defesa de outros policiais ou militares em processos. Também não poderão atuar em causa própria em processos que tenham outros policiais ou militares.

Fonte: Lei autoriza que policiais e militares atuem como advogados; entenda (bnews.com.br)

Últimas notícias

Dia do Policial Civil Aaposentado
24 de Maio de 2024

No dia do Policial Civil Aposentado, homenageamos...

Novos Investigadores de Polícia
10 de Maio de 2024

A AIPESP sente-se honrada e privilegiada em poder...

Nomeação dos novos Policiais Civis do Estado de São Paulo
03 de Maio de 2024

AIPESP parabeniza anúncio do Governo Tarcísio...

Dia do Trabalho
01 de Maio de 2024

 Feliz Dia do Trabalho! Neste dia especial, a...

Vacinação contra Gripe Influenza A e B
24 de Abril de 2024

VACINAÇÃO Contra gripe –...