Sede      Subsede      Diretoria      Editorial      Colônia de Férias de Campos do Jordão      Colônia de Férias de Peruíbe

 

 
Editorial

GREVE E NÍVEL UNIVERSITÁRIO

Como em algumas estórias populares e até na vida real, perseguir um objetivo significa “matar um leão por dia” ou até mesmo duas batalhas para se realizar um sonho.

A AIPESP teve sempre como meta, lutar para conseguir e oferecer a seus associados, condições de uma vida melhor, preenchendo lacunas que até seriam obrigações do Estado.

Conseguimos várias vitórias, pois acreditamos e adotamos o lema: “Lutar sempre, vencer às vezes, mas desistir, jamais”.

Em quase 12 anos de existência, obtivemos conquistas, algumas talvez mais importantes que outras, mas no conjunto, os efeitos delas superaram nossas expectativas.

O maior exemplo dessa luta incansável, foi a conquista do NÍVEL UNIVERSITÁRIO para ingresso nas carreiras de Investigador de Polícia e Escrivão de Polícia. Tivemos de vencer duas batalhas. A primeira, em 2003, com a Lei Complementar nº 929/2003 que não foi revogada, está sub judice, para decisão de sua constitucionalidade no Supremo Tribunal Federal e, a segunda, agora em 1º de dezembro, com a Lei Complementar nº 1.067/2008 de iniciativa do próprio Governo do Estado.

Parece fácil, mas se não fosse nossa persistência e o apoio incondicional do Deputado Estadual CAMPOS MACHADO, com apoio do Presidente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, dr. VAZ DE LIMA e do líder do Governo Deputado BARROS MUNHOZ, não teríamos obtido tal resultado.

O alcance dessa Lei vai além da nossa imaginação, pois o resultado, além do moral, virá com certeza muito em breve.

De todas as conquistas da AIPESP na Campanha Salarial 2008, o NÍVEL UNIVERSITÁRIO foi o mais importante, completado com a APOSENTADORIA ESPECIAL para o Policial Civil, a nossa Entidade não poupou esforços para obtenção desses resultados.

A nossa greve só foi possível, graças ao Mandado de Injunção nº 773, que a AIPESP impetrou no Supremo Tribunal Federal, que por sua vez concedeu esse direito fundamental para reivindicarmos nossos Direitos.

Parabéns aos Policiais Civis da Capital, do DEMACRO e principalmente do Interior do
Estado.

A luta continua.

VANDERLEI BAILONI
Presidente da Aipesp


 
Leia outros Editoriais
GREVE E NÍVEL UNIVERSITÁRIO
A ALMA DA POLÍCIA CIVIL
VADE RETRO, SATANÁS
 
Desenvolvido por BENO Tecnologia Web